Seguidores

sexta-feira, 5 de março de 2010

EU SOU ASSIM...


Eu sou assim...
Um verso que de tempo em tempo
Se transmuda
Depende do que vivi no momento
Nele, a alma se desnuda.

Um verso em idéias, nem sempre
Tão inteligentes
Mas buscando no tempo presente
O instante envolvente.

Eu sou assim...
Um verso seguindo a voz do coração
Apaixonado...
A favor dos ventos de uma emoção
E pelo amor comandado.

Um verso viajante entre terra e céu
Liberto...
Com ou sem rima, fazendo seu véu
Do amado, distante ou perto.

Eu sou assim...
Um verso que tudo sabe sobre mim
E das minhas noites e dias
Revelando-me, em começo, meio e fim
Nua, nas entrelinhas da poesia.

Um comentário:

  1. Norma Suely Facchinetti9 de março de 2010 10:55

    Um belo verso, semente de beleza e poesia. Beijos Cleide.

    ResponderExcluir

Agradecida por sua gentil visita.