Seguidores

sábado, 15 de fevereiro de 2014

A FAVOR DOS VENTOS



Na terra que derramei lágrimas
Floriu o mais encantado jardim
O amor e a paz reinam em mim
E aos meus versos dão as rimas.

Vivi em um tempo de lamento
Quase perdi o rumo da poesia
A qual faz meu mundo alegria
E me tem a favor dos ventos...

No céu onde meu sonho morreu
Estrelas em seu lugar rabisquei
A dor do meu coração ali soprei
E a poesia enfim me renasceu...


Um comentário:

  1. A Poesia sempre renascerá em cada verso teu, Poeta!

    ResponderExcluir

Agradecida por sua gentil visita.